lost-in-digital

Artista Plástico dissidente em relação ao «Main Stream», não-alinhado a nenhum «movimento» ou «grupo»... ...eu sei,... ... não é nada prático, nem benéfico... ...já dei por isso, obrigado. Curso de Pintura no AR.CO(1987).; Curso de Litografia na "Gravura" – Sociedade Cooperativa de Gravadores Portugueses(1988). Curso Profissional de Fotografia do Instituto Português de Fotografia(2006).Formador no Instituto Português de Fotografia desde 2007. Existe um curriculum de prémios, exposições individuais e colectivas, publicações onde é referido, representações em colecções A, B, C, etc; desde 1984... ...mas até eu adormeço com isso. A provável agressividade provirá de um lapso de interpretação do que apenas é um caminhar autónomo e livre. Gosta-se de espaços abertos, ventos livres, Sol... ...mas por vezes só a Noite permite um Lar... ...o deserto cresce, e não se lhe prevê um fim... ...alcateias existem, mas de hienas mesquinhas e perversas... ...extinguiram (quase) todos os lobos... ...e os cordeiros em êxtase veneram-nas e lançam-se nas suas garras... ...deprimente... ...mas no fim de cada dia, já não restam forças para desistir... ...e a Noite... ...a Noite empurra-me para mais um Nascer-do-Dia... ...até um dia...
...Mas um conjunto de ideias que me guiam:
O Direito à Vida;
O Direito à Liberdade;
O Direito à Propriedade.
Tudo conjuntamente com o Princípio da Não-Agressão que diz: «É Imoral, inaceitável e completamente injustificável a iniciação de Força, Agressão ou Fraude sobre um Individuo e/ou a sua Propriedade» .
É imoral Legislar sobre Moral.
Privilegiar o individuo sobre o colectivo, porque só o individuo pensa, usa a razão e pode ser - por isso mesmo - responsabilizado. As massas são amorfas, só reagem às directizes do Alfa ou da elite, não tem consciência.